Instalações e produção

A sustentabilidade e a melhoria contínua são as principais prioridades

A rede mundial de instalações comerciais e de produção da Allergan constitui uma oportunidade significativa para fazer a diferença e reduzir o impacto do nosso negócio no meio ambiente. Estamos a maximizar esta oportunidade mediante várias iniciativas.

Objetivos ambientais globais

Os objetivos ambientais são definidos anualmente. Entre eles está a melhoria da sustentabilidade em fábricas chave nos EUA e no resto do mundo (centrando a nossa atenção em aumentar a quantidade de materiais reciclados enquanto percentagem do total de resíduos das fábricas) e a diminuição do consumo energético.

O cumprimento dos objetivos é medido mensalmente e as tendências relativamente aos objetivos definidos são comunicadas ao Comité Diretivo de Meio Ambiente da Empresa pelo menos semestralmente. A Allergan também participa na iniciativa do setor financeiro Carbon Disclosure Project.

Ademais, procuramos aplicar tecnologias verdes na construção ou renovação das nossas instalações em todo o mundo. Atualmente, a nossa Sede Administrativa nos EUA situada em Parsippany, na Nova Jersey, a Sede Administrativa na Índia e o Centro de Distribuição nos EUA situado em Olive Branch, no Mississípi, têm ou estão a ponto de obter os seus Certificados LEED.

Igualmente, várias unidades de negócio realizaram investimentos significativos recentemente para renovar as suas instalações e equipamentos com tecnologia de vanguarda a fim de reduzir o consumo energético e a produção de resíduos.

Instalações e operações sustentáveis

A sustentabilidade e a melhoria contínua são prioridades chave, tal como demonstra o número de projetos empreendidos nas nossas operações globais e instalações de produção e de I+D:

  • Foi instalado um sistema de energia solar na nossa fábrica de Zug na Suíça que proporciona água quente aos sanitários e ao refeitório. Nesta fábrica também se aplica um inovador sistema de recuperação térmica que utiliza água subterrânea para refrigerar os edifícios durante o verão através do ar condicionado e para os aquecer nos meses mais frios.
  • A maior parte das fábricas da empresa implementaram projetos de conservação da energia para reduzir a intensidade energética (KWh por unidade de produção) e minimizar a pegada de carbono de cada fábrica.
  • Em 2011, a fábrica de Dupnitsa na Bulgária foi nomeada para o "Prémio Verde Internacional à Criatividade na Sustentabilidade" pelo seu programa de redução de dissolventes. A equipa de Investigação e Desenvolvimento implementou um programa inovador para substituir os dissolventes orgânicos por alternativas não orgânicas durante as fases de granulação e de revestimento da produção. Como consequência, as emissões reduziram-se enormemente nesta fábrica de doses orais sólidas de grande volume.
  • Na outra fábrica da Bulgária, situada em Troyan, também reduziram, com êxito, a utilização de dissolventes analisando o processo e modificando as práticas de trabalho.
  • Na fábrica da Roménia, as equipas aplicaram tecnologias e processos para eliminar a utilização de combustíveis fósseis na energia térmica da fábrica, mostrando uma abordagem orientada para o futuro destinada a conservar a energia de maneira inovadora e a aplicar soluções com energias renováveis.
  • A fábrica da Islândia opera exclusivamente com energias renováveis e em 2011 a fábrica de Malta instalou um sistema solar de aquecimento de água no laboratório de serviços analíticos e embalagem de produtos.