Espasmo hemifacial

O espasmo hemifacial é um transtorno neuromuscular que se caracteriza por contrações imprevisíveis e involuntárias dos músculos faciais num lado da cara. A doença é progressiva, começando pelos músculos perioculares e afetando finalmente todos os músculos de um lado da cara.

A doença tem um elevado impacto psicossocial: os espasmos faciais incontroláveis podem impedir a realização de atividades diárias, tais como conduzir ou ler, bem como alterar o aspeto da cara, dificultando a interação social.

O espasmo hemifacial é pouco frequente, estimando-se atualmente a prevalência total em cerca de 0,01% da população, o que equivale a aproximadamente 500.000 pessoas nos países da UE1,2.
 
  1. Auger R. Hemifacial spasm in Rochester and Olmsted County, Minnesota, 1960 to 1984. Arch Neurol. 1990;47:1233–1234.
  2. Eurostat population statistics 2010: Acceded: June 2, 2010.